Vestindo um Sonho

O texto abaixo foi feito por Anderson Lira (Apr. Queruba).

“Desde 2010 vinha alimentando um sonho e buscando realizá-lo. O sonho era ter um motor preparado na minha Puma, que entre idas e vindas, estava tendo a oportunidade de renascer seguindo detalhes originais.

E assim segui investindo na compra de peças e contatando profissionais da área de preparação de motores daqui da minha cidade. Foram três ou quatro tentativas frustradas. A primeira a pior de todas. E continuei.

Entre as tentativas, conheci o Ricardo, que entre outras qualificações, tinha o conhecimento e realmente aplicava-os corretamente em seus próprios motores. Ou seja, o rapaz fazia seus próprios motores preparados para seu uso diário. Porém, uma barreira. Ele não trabalhava com isso. Era seu hobby e só fazia para si mesmo.

Continuei buscando chegar a algum resultado e sempre levando uma queda atrás de outra.

Até que um dia conversei a respeito com o Ricardo e o mesmo aceitou fazer meu motor. Cruzei os 120 km com felicidade e entreguei todas as minhas peças (bem embaladas por sinal) e o mesmo se encarregou de montar.

E foi ai onde tudo começou a mudar de direção. Os ventos da prosperidade sopraram a favor e tudo começou a se encaminhar para um final feliz. Até surpresa para entrega do carro foi feita, conforme o leitor poderá ver nesta postagem.

Recebi, circulei, abri o motor. Sabia que estava chuvendo, mas não sentia me molhar. Estava anestesiado. Me sentia leve, feliz… Uma sensação quase indescritível, caros leitores. Sensacional!!!!!

Foi então que ouvi… Não vai querer andar?! E ai voltei daquele estado de espírito, me encontrei e me dirigi para a Puma, abri a porta, entrei em seu apertado habitáculo e girei a chave e pude ouvir o delicioso ronco do escape Kadron Puma , com o timbre um pouco mais grosso, devido à carburação weber com cornetas e a aspiração do ar. Que coisa linda….

Então, no dia seguinte segui em comboio com os Templários do Asfalto rumo à Natal-RN, para participar do III Clássicos RN.

Peguei a estrada com medo… Não conhecia o carro. Estava me situando ainda.

Após alguns Km me senti mais a vontade e foi ai que voltou aquela sensação descrita quando recebi o carro. Fique leve novamente…. 120km/h… O giro subiu rapiramente… 6000 rpm, terceira marcha… acelerei ainda mais… 5500… quarta marcha…. segui subindo o giro e sentindo a reação homogênea do motor…. 5000 rpm, muito veloz… não tirei os olhos da estrada….. sorri… chorei! Me lembrei rapidamente dos amigos no comboio, que haviam ficado agora, alguns km atrás… Desacelerei e fui voltando a mim lentamente, desfrutando do prazer que se dá, quando se veste um sonho.

“Sem sonhos, as perdas se tornam insuportáveis, as pedras do caminho se tornam montanhas, os fracassos se transformam em golpes fatais. Mas, se você tiver grandes sonhos… Seus erros produzirão crescimento, seus desafios produzirão oportunidades, seus medos produzirão coragem. Por isso, meu ardente desejo é que você NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS!”

(Augusto Cury)”

2 Comments:

Depois de tudo que vc passou e de tudo que somaste ao antigomobilismo do nosso estado, vc mereçe sossegadamente o seu sonho realizado, estamos felizes com a sua felicidade!

Parabens parceiro, agora o motor esta nota 10000….
abs

Top! Templários do Asfalto Created by Dream-Theme — premium wordpress themes.