Armadura Monte Carlo

Os Templários apresentam a armadura Monte Carlo, um sonho do cavaleiro Monterrey realizado em 2013,  isso porque durante sua infância seu pai teve um Tempra Ouro 16V 1994 e com ele várias viagens foram feitas e muitos momentos marcaram a sua adolescia.

Para a realização do sonho, o cavaleiro teve que se despedir da armadura Chevemaster(Chevette 1988), deixando também uma história impar, porém talvez no futuro, ela ainda continuará sendo escrita. Tantum Tempus Dicere.

A sua chegada já começou com uma grande aventura, no nordeste o Tempra foi muito surrado e encontrar um em perfeitas condições nesta região é uma tarefa difícil, por isso ele veio de Brasília e não foi em uma cegonha,  Carro parado não faz história, veio rodando mais de 2.200KM e muitas emoções e histórias serão contadas em um futuro post.

A Armadura Monte Carlo é um Tempra Turbo 1994 com todos os opcionais de época, sendo do famoso Grupo 6( A Fiat dividiu as configuração em grupo, sendo o 6 o mais equipado). Os acessórios devem ser comentados, isso porque estamos falando da década de 90, já se passaram 20 anos e algumas inovações assustam, pois em muitos carros atuais ainda não encontramos com frequência.

Seu conjunto mecânico é equipado de fábrica com suspensão independente nas quatro rodas(dianteira McPherson e traseira com braço arrastado), freio a disco nas quatro rodas, ABS (somente agora item obrigatório no Brasil), injeção multi ponto, direção hidráulica, reforço estrutural com barras anti torção, câmbio com comando via cabos, embreagem com comando hidráulico(Muitos carros modernos ainda utilizam somente cabos) e o motor, aí vamos para outro parágrafo.

 

1234294_426509824125333_1247490770_n Motor ainda sujo após a viagem de 2.200Km

O motor do TT gera plausíveis 165cv de força bruta, sendo o vencedor do clube dos 200, formado por carros brasileiros que ultrapassaram a barreira dos 200Km/h, considerado pela 4 rodas como o carro mais veloz do Brasil em 1995 com a marca de 212,8Km/h, isso tudo veio através de um motor 2.0L com oito válvulas e comando duplo no cabeçote( um para as válvulas de admissão e outro para a exaustão, aplicado para evitar que o motor vibre além do normal em baixas rotações), turbina Garrett com 0.75 kg/cm2(O primeiro sedan turbo do Brasil e o segundo carro turbo, perdendo o pioneirismo para o irmão Uno Turbo), intercooler e radiador de óleo.

revista-quatro-rodas-tempra-turbo-porsche-911-omega-alfa-164-8062-MLB5322564324_112013-F

Lembrando ao caro leitor que isso tudo é de 1994 e estamos vinte anos a frente, onde pouquíssimos carros possuem toda essa tecnologia empregada, mas não para por aí.

Os opcionais são de assustar, a começar pelo retrovisor interno fotocromático com ajuste de intensidade, os externos são azuis, ar-condicionado digital( O primeiro carro nacional com esse acessório), alarme com controle remoto e sensor ultrassônico, vidros com sistema um toque e anti-esmagamento, dois computadores de bordo, um no centro do painel com sete funções incluindo autonomia, consumo médio, hodômetro parcial e outras, e o segundo chamado de check list que indica abertura de porta, água do radiador, água do limpador do vidro e se alguma luz está queimada, mas para por aí? Não!

O carro ainda possui luz de cortesia nas portas, abertura do porta mala no habitáculo, luz de leitura, som toca-fitas com antena integrada no vidro traseiro e disqueteira para 6 dicos Alpine(nem se ouvia falar de MP3 ou qualquer outra coisa), retrovisores elétricos, chave com luz de cortesia, aerofólio com luz de freio e para encerrar bancos em couro. (Devemos estar esquecendo alguma coisa)

Essa quantidade generosa de acessórios deixava o carro custando na época R$ 33.270 reais, atualizando os valores seria R$ 118.400, ou seja, na mesma casa de carros como GOLF GTI, Novo Fusca, Fusion, Civic e etc.

Tudo que fez o Tempra ter o seu destaque naquele tempo infelizmente foi o motivo que fez a Fiat tirá-lo de linha, isso porque todos este acessórios na mão de mecânicos inexperientes, acostumados com carros carburados e sem qualquer tipo de eletrônica era verdadeiramente uma loucura! Obrigava o mecânico a aprender muitas coisas novas e muitos utilizavam os carros dos clientes para aprender, isso fez com que ele frequentemente estivesse na oficina, gerando a fama de carro bronqueiro, mas atualmente, com o nível de conhecimento dos mecânicos, podemos comprovar que foi um esteriótipo criado injustamente.

Um fato curioso foi que mesmo com a fama negativa que o carro recebeu, quando a Fiat disse que ia tira-lo de linha, muitos admiradores ficaram revoltados e houve até um baixo assinado para que isso não acontece-se.

A Fiat vem ameaçando reacender o nome Tempra em 2016, já havia prometido para 2014, mas mudou de idéia. Esse “Novo Tempra” será muito bem vindo pelos apaixonados e admiradores do carro, de qualquer forma é uma homenagem e um reconhecimento ao melhor e mais vendido Sedan que a Fiat já produziu, mas ao mesmo tempo já está sendo considerada um decepção, devido a Fiat não ter de fato projetado um novo Tempra, mas sim pegar o Viaggio e renomear por questões obvias, um carro que já começa a ficar ultrapassado, que consegue ser em alguns pontos mais ultrapassado que o próprio antigo Tempra e que não traz nenhuma novidade tecnológica, é natural que comparemos com o lançamento de 1991, onde muita coisa era novidade e a plataforma nasceu para ser um Tempra e não foi uma adaptação como é o caso atual.

800px-Dodge_Dart2013

A utopia seria se a Fiat projeta-se um carro com o mesmo padrão de qualidade que aplicou na década de 90, o que fez ela ganhar vários prêmios, tornado-se referência e conquistando assim vários admiradores e apaixonados pelo carro e/ou marca. Para nós, só resta aguardar e torce por dias melhores!

 

1 Comment:

Já tive o prazer de ver esta linda armadura de perto e sem dúvida alguma eu posso afirmar que é altíssimo nível, e veste com honra seu cavaleiro, parabéns meu irmão e parabéns pelo post, muito detalhado e dedicado!

Salve Templários do asfalto.

Cav. Aerugo.

Top! Templários do Asfalto Created by Dream-Theme — premium wordpress themes.